terça-feira, maio 19, 2015

Bolo de noivado: como escolher o tipo ideal ??



O primeiro grande passo de um casamento tradicional é, certamente, o noivado. Para muitos casais, a simples troca de alianças não é o suficiente: é preciso oficializar e compartilhar esse momento tão feliz com a família e os amigos mais próximos! Além disso, receber os votos de pessoas queridas pessoalmente é muito mais empolgante do que por um simples telefonema.
Com diversas opções nas confeitarias, gostos pessoais a serem considerados e uma festa toda para planejar, encontrar o bolo que mais combine com a sua festa pode parecer difícil, mas nada que um pouco de inspiração e algumas dicas não te ajudem a resolver!

Bolos tradicionais

Foto: Reprodução / Bayside Bride

Para festas mais formais e sofisticadas, os bolos mais tradicionais são os brancos, decorados em glacê ou em pasta americana, que podem se destacar em decorações mais sóbrias.
Por serem imponentes e chamarem mais atenção, esses bolos são mais recomendados para a festa de casamento. Se esse for o modelo de preferência para o seu noivado, uma dica importante é não apostar em vários andares e cuidar para que a sobremesa não acabe ofuscando o escolhido para o grande dia.

Bolos temáticos

Foto: Reprodução / Pinterest
Com foto dos noivos no topo ou decorado em pasta americana, os bolos temáticos podem expor um pouco da personalidade dos noivos e seus gostos pessoais. Segundo a consultora de casamentos e autora do blog Casando em BH Bel Ornelas, esse estilo tende a ser mais divertido e, por isso, é recomendado para eventos informais.

Bolo de churros

Foto: Reprodução / Pinterest
De encher os olhos, o sabor brasileiríssimo está super em alta nos últimos meses. Para festas pequenas e mais descontraídas, o bolo de churros é uma boa pedida. Contudo, por levar bastante doce de leite em sua receita, seu paladar pode não agradar a todos, o que faz com que seja necessário oferecer também outras opções de sobremesa.

Bolo de Kit Kat

Foto: Reprodução / Recipe Girl
Uma das maiores ostentações gastronômicas da internet é, sem dúvidas, o bolo de Kit Kat. Geralmente coberto por confeitos coloridos, a iguaria combina com festas mais informais e com decorações menos sofisticadas. Por atrair principalmente a crianças, esse sabor é ótimo para ser servido em eventos mais familiares.

Bolo degradê ou arco-íris

Foto: Reprodução / Pinterest
Bonitos, delicados, divertidos. Os bolos coloridos chamam atenção, alegram a festa e “estão mais relacionados a decorações mais modernas, além de combinar com noivos que gostem de seguir tendências”, diz Bel Ornelas.

Bolo red-velvet

Foto: Reprodução / Recipe Girl
Muito popular em festas de casamento nos Estados Unidos, o bolo red-velvet tem um sabor mais requintado e aparência chamativa. Por ser colorido, Bel Ornelas acredita que essa sobremesa seja mais adequada para festas mais informais. No entanto, a cor vermelha pode simbolizar o amor do casal e sua decoração mais sofisticada pode ser uma boa investida para noivados mais estilosos.

Naked cake

Foto: Reprodução / Pinterest

Bom minhas lindas eu espero que tenham gostado! Um beijão e até a próxima!!


Gelo saborizado: a sensação do momento!



Oi oi gotosas, tudo bom? Há quem não resista a uma boa caipirinha ou uma taça de champanhe,( lembrando eu não tomo caipirinha ou champanhe, sou menor de idade rsrs)  e quem prefira ficar mesmo nos sucos, refrigerantes ou drinques não alcoólicos… Existem ainda pessoas que confessam que, independentemente da ocasião, gostam mesmo é de tomar a tradicional água. O fato é que, seja num jantar mais íntimo entre amigos, seja numa grande festa, as bebidas não podem ficar de fora!
Se é você daquele tipo de pessoa que recebe frequentemente os familiares e amigos em casa ou, simplesmente, está organizando uma comemoração que acontecerá dentro de alguns dias e ainda não definiu o menu de bebidas, vai adorar a sugestão: que tal apostar nos gelos saborizados?

Como fazer gelo saborizado?


Fazer gelinhos saborizados é muito simples e permite inúmeras possibilidades! Veja na lista a seguir 7 ideias que você pode fazer em casa:
  1. Se for usar frutas, basta colocar a fruta escolhida picadinha na(s) forminha(s) e preencher com água mineral, água de coco ou até mesmo um suco e levar ao congelador.
  2. Para fazer gelinhos com ervas aromáticas frescas, como, por exemplo, hortelã e cidreira, basta higienizar bem as folhas escolhidas, picá-las, colocá-las na(s) forminha(s) e preencher com água mineral, água de coco ou suco e levar ao congelador.
  3. Para gelos com especiarias como, por exemplo, o gengibre, basta cortar um pedaço da raiz, tirar sua casca e picá-lo. Depois, é só colocar os pedacinhos na(s) forminha(s) e preencher com água mineral e levar ao congelador.
  4. Para fazer gelos com flores, para serem colocados enfeitando o balde de gelo, escolha a flor de sua preferência, coloque na(s) forminha(s) e preencha com água. Depois, leve ao congelador.
  5. Para fazer gelos saborizados com flores para colocar nas bebidas, compre flores comestíveis. Coloque-as na(s) forminha(s) e preencha com água mineral, água de coco ou suco. Depois, leve ao congelador.
  6. Para fazer gelos saborizados com um tipo específico de suco, prepare o suco normalmente (com a própria fruta ou polpa), coloque-o na(s) forminha(s) e leve ao congelador.
  7. Para fazer gelo de água de coco, basta distribuí-la na(s) forminha(s) e levar ao congelador.

Com frutas

Ellen Koscianski, especialista em eventos do Florianópolis Eventos, dá algumas ideias de frutas que podem ser colocadas no gelo saborizado:
  • Maçã
  • Cereja
  • Framboesa
  • Laranja
  • Kiwi
  • Pera
  • Uva
  • Morango
  • Fatias de limão
  • Pedacinhos de abacaxi
  • Pedacinhos de melancia, entre outras frutas, exceto a banana.

Com folhas e ervas

Abaixo, Ellen cita ainda sugestões de folhas/ervas/especiarias que podem ser colocadas no gelo saborizado:
  • Manjericão
  • Hortelã
  • Erva cidreira
  • Alecrim (em pequena quantidade, pois é muito forte)
  • Gengibre
  • Raspas de casca de laranja ou limão
  • Melissa
  • Essência de baunilha ou outra de sua preferência.
Vale destacar que essas são apenas algumas ideias, pois são muitos os ingredientes que podem ser utilizados!

Com flores

Para quem quer fazer gelo com flores, Ellen orienta:
  • Utilize flores silvestres e rosas para um efeito decorativo;
Para utilizar nas bebidas, os grandes supermercados e hortifrútis especiais já vendem caixinhas de flores comestíveis.

Bom gotosas essas foram as atualizações do dia! Esperam que tenham gostado, um beijão e até a próxima!!

String art: a arte de desenhar com linhas!!!


Oi gotosas, tudo bom? Tais técnicas simples são atualmente divulgadas por meio de tutoriais diy (faça você mesma) e vêm ganhando espaço nas decorações de casas e de festas em geral, afinal a produção caseira normalmente resulta em economia.
Uma dessas técnicas fáceis de serem reproduzidas e com alta aplicabilidade em decoração é o String art, a arte de criar formas e desenhos por meio de fios.
As possibilidades de criação são enormes e a adaptação das peças também é bastante simples, pois as cores, formas e os tipo de trançado fazem toda a diferença.
Confira dicas e tutoriais para fazer um string art e usar a técnica em diferentes ocasiões, além de imagens para se inspirar.

Materiais necessários


Antes de aprender a criar um string art é preciso listar os itens essenciais para a produção do mesmo. Para fazer o seu string art em casa você irá precisar dos seguintes materiais:
  • Linha
  • Pregos
  • Martelo
  • Tesoura
  • Base de madeira
  • Molde do desenho
O string art se trata de uma técnica artesanal e artística, por isso, além dos materiais básicos para a elaboração desta técnica, lembre-se de deixar a criatividade fluir na hora de criar o seu.

Passo a passo para criar um string art

Para produzir um string art de um desenho específico ou caso você ainda não tenha tido contato com essa técnica é interessante lançar mão de um molde de papel para guiar a colocação dos pregos.
Para criar seus próprios moldes, basta procurar o desenho na versão preto e branca ou contorno e imprimi-lo. Depois de definir o desenho, imprimir e recortar o seu molde, basta seguir o passo a passo:
  1. Posicione o molde sobre a base de madeira e fixe-o com uma fita adesiva;
  2. Adicione os pregos em torno do desenho, num intervalo de mais ou menos 1,5 cm, a fim de formar o contorno imagem;
  3. Depois de fixar todos os pregos, retire o molde de papel com cuidado;
  4. E por fim, passe a linha por entre os pregos para criar o formato e o efeito desejado.
Para compreender melhor o passo a passo da técnica e conhecer duas formas diferentes de criar um quadro utilizando o método do string art, assista o vídeo a seguir:

Preenchimento das imagens

Existem três maneiras de trançar os fios na hora de criar um string art: formar apenas o contorno da imagens com os fios (foto 1), preencher a parte interna do desenho, intercalando a direção da linha (foto 2) ou ainda preencher com os fios toda a parte externa do desenho, criando uma espécie de imagem vazada (foto 3).
A diferença está simplesmente no local onde as linhas serão trançadas e o efeito gerado é bastante diferente, é só escolher o seu preferido e testar!

Como e onde usar o string art

Essa técnica artesanal é bastante adaptável e pode ser usada em diferentes ambientes e ocasiões. As cores desempenham uma papel fundamental nessa adaptação, pois transmitem visualmente sentimentos e sensações. Do mesmo modo, escolher formas e desenhos que se relacionem com a ocasião é essencial para criar harmonia na decoração.
Em casa, é possível criar quadros com o string art para decorar os ambientes, basta investir em uma moldura e fixar a peça na parede desejada. Para os cômodos de convivência, como a sala e a cozinha, é necessário pensar no todo e na imagem que você deseja passar aos seus convidados. Para não errar, invista em cores mais neutras e em desenhos ou frases que traduzam a sua personalidade.
Para quartos infantis uma dica é abusar das cores e nos desenhos ligados ao universo infantil: super heróis, desenhos lúdicos, entre outros.
Em festas, a técnica pode ser usada para criar painéis decorativos, fundos para fotos ou marcadores de mesa. Novamente, as cores dependem do tipo de celebração e da decoração da festa como um todo.
Mas independente da situação, o string art é uma alternativa moderna, fácil e com resultado final surpreendente, desta forma o limite dessa técnica só depende da sua capacidade criativa.
Bom minhas gotosas essas foram as minhas ''diquinhas'', espero que vocês tenham gostado! Um beijão e até a próxima!!



quinta-feira, maio 14, 2015

15 receitas com peito de frango que é de dar água na boca!!

Foto: Getty Images

Oi gotosas, tudo bom? Hoje muitas meninas me pediram receitas para fazer com peito de frango, e ai eu pesquisei, pesquisei, e achei, então irei mostrar aqui!Bom o peito de frango faz parte da dieta cotidiana de muitas pessoas. Carnes brancas, como a de frango, são conhecidas pelo seu valor nutricional e por ser uma fonte de proteína animal mais saudável do que a carne vermelha.

Confira abaixo uma lista com 15 receitas de peito de frango que provam que não é preciso ser chef de cozinha para fazer pratos deliciosos. Inove e aproveite ainda mais o sabor desse alimento em suas refeições:
1. Peito de frango recheado com coppa e requeijão: É recomendável fazer essa receita quando não houver preocupação com o tempo, pois é um pouco demorada. O tempo gasto, no entanto é compensado pelo sabor. É ideal para um almoço ou jantar mais elaborado. Uma sugestão é ser acompanhado por arroz integral e salada de folhas verdes.
2. Peito de frango com pimenta e pinhão: Essa receita é prática, rápida e ideal para o dia-a-dia. O sabor especial fica por conta do queijo pimento e dos temperos adicionados no peito de frango.
3. Peito de frango marinado no limão siciliano e shiitake: Essa receita além de prática, é muito saudável. O shiitake é uma ótima fonte de proteína não animal e acrescenta ainda mais sabor ao frango. Para aproveitar melhor a receita, deixe o frango marinando de um dia para o outro. Além de ficar mais saboroso, poupa bastante tempo.
Foto: Reprodução / Cozinha Travessa
4. Peito de frango recheado com gorgonzola e marinado com mel: Essa é uma receita calórica devido ao gorgonzola, ideal para fins de semana e/ou ocasiões especiais. É recomendada para quem gosta de ousar na cozinha e combinar os sabores salgado e doce. Uma opção de preparo do peito de frango bem diferente e que vale a pena ser experimentada.
5. Peito de frango com vegetais e ervas: Para dar um toque pessoal nessa receita, podem ser acrescentados os vegetais de preferência. Assim a receita fica saudável e muito saborosa. Essa receita é livre de lactose, uma ótima opção para quem faz uso de dietas que a restringem.
6. Peito de frango recheado com grelos e queijo: Uma receita típica de Portugal. O grelo é uma planta típica do país e se não for encontrada no Brasil pode ser substituída por folhas de nabo ou couve, pois o sabor é bem similar.
7. Peitos de frangos recheados com espinafre e agrião: Uma receita de forno bem saborosa e saudável. Por ser um prato quente, é uma boa opção para consumir o espinafre em dias frios.
8. Filé de peito de frango com molho cremoso de agrião : Receita criativa e saudável. Para ficar ainda mais nutritiva, consuma acompanhada de arroz integral ou quinoa e legumes da preferência.
9. Filé de frango com molho cremoso de champignon: A receita é simples e leva ingredientes de fácil acesso. O prato é bem parecido com Strogonoff de frango, mas o preparo é ainda mais rápido e fácil.
10. Frango refogado com legumes: Essa receita pode ser feita em grande quantidade e ser congelada em porções pequenas, para consumir posteriormente. Ótima solução para uma refeição rápida e nutritiva. É também uma opção saborosa de molho para polenta.
Foto: Reprodução / Blog Da Mimis
11. Frango grelhado com legumes: O tradicional e light frango grelhado. Para acompanhar: cenoura, tomate cereja e ervilha. Se desejar, substitua ou acrescente por legumes da preferência.
12. Peito de frango recheado com legumes: Essa é uma receita assada que leva muitos legumes e tem alto valor nutricional, além de ser muito saborosa. Lembrando que sempre é possível adaptar as receitas e substituir ou acrescentar ingredientes da preferência ou usar os que estão disponíveis em casa.
13. Peito de frango ao molho: Essa é uma receita tradicional de frango ao molho, rápida e de fácil preparo. É um ótimo acompanhamento para polenta, nhoque e massas em geral.
14. Arroz de peito de frango no forno : Essa é uma boa opção de receita para aproveitar e incrementar o arroz já preparado, deixando-o mais saboroso e nutritivo.
15. Peito de frango empanado com queijo e presunto: Essa receita é uma ótima escolha para fugir dos frangos empanados que são vendidos congelados em supermercados. É uma receita deliciosa, pode ser congelada para consumo posterior e é bem mais saudável do que a versão industrializada.
Bom gotosas espero que vocês tenham gostado, eu pretendo ensinar essas receitas em breve. Um beijo e até a próxima dica ou receitinha!! 

Os maravilhosos cortes de cabelo para rostos redondos!!

Foto: Getty Images

Oi gotosas, tudo bom? Hoje irei falar de um assunto super delicado, então veja aí! Bem o  rosto de formato redondo é um dos que mais levantam dúvidas na hora de cortar os cabelos ou elaborar penteados mais sofisticados. Isso se deve à característica curva da face, que pode parecer ainda maior se as madeixas não estiverem de acordo com uma composição mais equilibrada e harmoniosa.
“Se o cabelo for longo e mais liso ou ondulado, a dica é apostar nos cortes em camadas desconectadas, mas sempre abaixo do queixo”, aponta David, “para cabelos cacheados ou crespos é adequado apostar no volume no topo da cabeça e jamais deixar a raiz rente ao couro cabeludo”, completa o especialista.

Cortes curtos

Foto: Reprodução / Nimmer Satt | The Natural Fashionista | Nimmer Satt

O pixie em camadas com franja diagonal alonga o rosto redondo ao adicionar volume na parte de cima e realça as maçãs da face e os olhos, principalmente se a franja for desfiada”, indica a visagista Daniela Neves, do Studio Eliete do Rio de Janeiro. Além disso, também vale lembrar que esse “é um corte que realça traços do rosto e pode ser usado em qualquer idade. 

Cabelos médios

Foto: Reprodução / Ju Romano | Curves and Chaos | Niina Secrets

Tido como o comprimento ideal para os rostos redondos, os cortes médios formam uma moldura perfeita para a face, sem chamar atenção para os queixos pouco angulosos. O maior cuidado recomendado por Daniela é para que se evite texturas e concentração de volume nas laterais, pois isso pode causar a impressão de que as bochechas são mais salientes.

Cabelos longos

Foto: Reprodução / XO Vain | Curvy Girl Chic | Nicole Aguinaldo

O profissional David Bernardinho, do Visage Coiffeur do Rio de Janeiro, revela que o maior segredo para cultivar madeixas longas quando se tem rosto redondo é apostar em cortes mais desconectados. “O ideal é que o cabelo longo não seja inteiro, ele deve ter camadas abaixo do queixo”, aconselha.

Bom gotosas essas foram as minhas dicas, espero que tenham gostado! Um beijo e até!!


quarta-feira, maio 13, 2015

Naked cake: o bolo charmoso sem cobertura que é o maior sucesso!




Oi gotosas, tudo bom? Essa nova tendência que se iniciou nos Estados Unidos e na Inglaterra, chegou ao Brasil e conquistou muitos adeptos diante das possibilidades de decoração que ele oferece. Açúcar especial, flores e frutas são alguns dos adornos possíveis para incrementar o visual do naked cake.
O bolo pelado pode ser a escolha certa para uma festa de aniversário, de noivado, chá de bebê ou até mesmo para arrematar a mesa de doces de um casamento. As camadas e o recheio expostos enchem os olhos e abrem o apetite.

Receitas de naked cake

Confira abaixo diversas opções de receitas para fazer seu próprio naked cake em casa, dicas de decoração e veja fotos para inspirar a criação do visual do seu bolo pelado:
1NaKed cake de coco com creme de framboesa; A receita indica que sejam utilizadas formas de 13cm de diâmetro, a massa é feita no liquidificador com sabor de coco, o recheio é um creme de framboesa com textura mais espessa. Na ornamentação, foram usadas frutas vermelhas e flores comestíveis para dar o toque final.

2. Naked de limão: Com massa pão de ló, este bolo é recheado com creme de limão e coberto com açúcar de confeiteiro e raspas de limão. A receita é simples e a decoração pode ser adaptada e receber novos adornos. O bolo de limão é uma boa opção para quem quer fugir dos sabores mais tradicionais.
3.Mini naked cake: Uma boa opção para lembrancinhas, o mini naked cake pode ter vários recheios e pode ser usada qualquer massa de bolo comum. A principal exigência desta receita é uma forma específica de mini bolo, porém a delicadeza e a liberdade para exercer a criatividade são os pontos altos.
4.Naked cake de creja: O bolo tem três camadas de massa que são molhadas com licor de cereja, o enfeite do topo do bolo leva o mesmo creme do recheio, que é baseado em natas. A decoração é finalizada com morango e cereja, e o charme final fica por conta do chocolate granulado.
5.Naked cake com massa de iorgute: Para garantir a massa fofinha deste bolo, a receita indica a massa de iogurte e oferece opções de caldas para complementar o bolo depois de servido. A receita se torna mais elaborada devido aos andares do bolo e das opções de caldas, mas podem ser adaptadas.
Bom gotosas essas foram algumas "receitinhas", espero que tenham gostado, tá!! Bjoo!!!!!


Treino HIIT combina aeróbicos curtos e intensos para emagrecimento!!!!!!!



Oi gotosas, tudo bom? Me desculpem pela falta de posts, minha vida está muito corrida (kkkkkkk). Um novo tipo de treino tem se destacado como ótimo aliado para quem deseja emagrecer e está ficando cada vez mais em alta na maioria das academias. Você já o conhece o HIIT (em inglês, High-Intensity Intermittent Training)?

Como é feito o HIIT?


Fase 1 (primeira e segunda semana)
Comece com uma razão de 1:4 de treino para descanso, fazendo um período total de treinamento de cerca de 15 minutos. Ou seja: faça 15 segundos de exercícios em intensidade alta e 60 segundos de descanso ou exercício de baixa intensidade (como uma caminhada, por exemplo). Repita esta sequência até totalizar cerca de 15 minutos.
Fase 2 (terceira e quarta semana)
Siga a razão para 1:2 e faça um período total de treinamento de cerca de 17 minutos. Ou seja, faça 30 segundos de exercício de intensidade alta e 60 segundos de descanso ou exercício de intensidade baixa. Repita esta sequência até totalizar cerca de 17 minutos.
Fase 3 (quinta e sexta semana)
A razão é de 1:1. O tempo total de treinamento é de aproximadamente 18,5 minutos. Faça 30 segundos de exercícios de alta intensidade e 30 segundos de descanso ou exercícios de baixa intensidade. Repita esta sequência até totalizar cerca de 18,5 minutos.
Fase 4 (sétima e oitava semana)
A razão é de 2:1 e o tempo total de treino é de cerca de 20 minutos. Faça 30 segundos de exercício de intensidade elevada e 15 segundos de descanso ou de exercícios de baixa intensidade. Repita a sequência até totalizar cerca de 20 minutos.
Porém, é sempre muito importante contar com a orientação de um profissional da área.

HIIT x exercícios aeróbicos comuns


Os estudos que comparam o HIIT ao exercício aeróbico contínuo constante têm mostrado que o HIIT é bem mais eficiente quando o assunto é perda de gordura, embora dure menos tempo.
Fernandes explica que, no HIIT, pela intensidade do treinamento, o corpo continua gastando energia durante as 24 horas do dia – o que não acontece no caso os exercícios aeróbicos comuns.
Além disso, acrescenta o treinador, no treino aeróbio de baixa intensidade, ocorre a perda de massa muscular.

6 benefícios do treinamento HIIT


1. Queima de gordura. Fernandes destaca que não é possível falar em HIIT sem falar em EPOC, que é outra sigla em inglês que significa consumo de oxigênio excessivo pós-exercício. “Com esse método de treinamento, queimamos mais gordura subcutânea e também visceral do nosso corpo”, diz.
2. Gasto de calorias. Fernandes explica que o HIIT aumenta a capacidade do corpo de gastar calorias.
3. Economia de tempo. Outro benefício, de acordo com Fernandes, é que com 15 a 20 minutos de treino, a pessoa consegue mais ganho do que se ficar 1 hora na academia, ou seja, economiza tempo também.
4. Para todos. O HIIT pode ser feito por todo tipo de pessoa, pois a ideia é melhorar gradativamente. No começo os treinos de alta intensidade podem durar menos, mas, com o tempo, a resistência aumenta e o nível de treino também.
5. Acessível. Esse tipo de treino pode ser feito em qualquer lugar, sem a necessidade de aparelhos/ambientes caros. Basta alternar, por exemplo, corrida com caminha ao ar livre.
6. Motivação. Com resultados aparecendo de forma mais rápida e, sobretudo, sem exigir grandes períodos de treino, a pessoa se sente muito mais motivada com as atividades físicas.
Mas, apesar de oferecer muitos benefícios e resultados em menos tempo, não adianta pensar que o HIIT é “moleza”. “Você vai ter que ‘sofrer’ duas vezes mais fazendo esse treino para ter resultados, ou seja, nada vem fácil, sem esforço”.
Bom gotosas, essas foram as minhas dicas, espero que tenham gostado! Bjoo!!